Clínica involuntária

Decisões difíceis

É muito difícil, mas às vezes é preciso ver as coisas por outro ângulo e ter empatia o suficiente para se colocar no lugar do outro. A decisão de internar alguém em uma clínica involuntária é ainda muito mal vista e difícil de ser compreendida. Vamos aos fatos, é amor ou desespero?

Vamos mentalizar uma mulher, muito feliz por sua primeira gravidez. O sonho dela sempre foi ter um filho, o qual pudesse amar de coração e sentir o verdadeiro amor: o de mãe. São longos e exaustivos 9 meses. Mas isso é só o começo.

Depois de muitas noites mal dormidas, dor e muito choro, ela finalmente coloca o bebê no mundo. Ali, ela se apaixona e sabe que fará de tudo por aquele pequeno em seus braços.

Ao longo dos anos essa mãe vê de tudo. O primeiro dia de aula do filho, sua primeira namoradinha do colégio, o primeiro jogo de futebol. Uma mãe conhece um filho melhor que ninguém, mas é difícil demais acompanhar absolutamente todos os passos dele.

Um poema diz que mães podem abrigar o pequeno corpo de seus filhos, mas não as suas almas. Mais do que ninguém, a mãe sabe que o filho tem personalidade e toma decisões por si. Como controlar um filho que anseia pela vida? E tudo que ela pode proporcionar?

É culpa de uma mãe o filho querer saciar suas curiosidades? É culpa de uma mãe ter um filho viciado? Usar drogas nunca foi uma questão de criação ou educação. Todos estão sujeitos a isso.

Não é culpa de uma mãe quando o filho vende todos os móveis da casa em busca de comprar mais droga. Para alguém que o ama isso deve ser dolorido demais e só Deus sabe como uma pessoa sofre ao ver outra assim.

É uma decisão muito difícil, mas quando uma mãe decide finalmente internar um filho em uma clínica involuntária, tudo que ela busca é a pessoa que ela amou e criou desde o dia do nascimento.

Com ajuda de profissionais capacitados como os do Instituto Vitta, e muito amor dessa mãe, ela terá o seu filho de volta.

Saiba mais em contato@institutovitta.org ou ligue (11) 99800-0294.

Aguardamos pelo seu contato e esperamos lhe ajudar da melhor maneira possível.

Regiões de atendimento Instituto Vitta

Artigos feitos pela Instituto Vitta